CategoriaArte e entretenimento

Custo! O que custo?

I Custo! O que custo? Eles e elas, todos se vão como tudo que pertence ao tempo o choro se cala, a lágrima vara o rosto o velho se torna vintage, o novo se torna moda a tristeza é um jardim de vasos quebrados a felicidade é flora...

Leia mais

O Velho e as Memórias: Envelhecer é aprender

O texto a seguir relata os ensinamentos de um velho homem, que um dia foi  menino, jovem e agora está próximo de se tornar  apenas uma memória.. Este texto literário foi escrito por Matheus John.. Sou um homem  velho… Agora sei que...

Leia mais

A arte, a inspiração, a morte…

Um poema reflexivo sobre A arte, a inspiração e a morte, o personagem se encontra num bloqueio criativo torturante e enlouquecedor..     plantado frente a folha, sentia a vida lhe fugir, os dedos desprezavam a velha naturalidade, que...

Leia mais

Um longo dia…

Tom acordou e não se vestiu, só de cueca e camiseta foi até a geladeira e abriu uma cerveja. O gato o seguiu até a cozinha, e bebericou o leite. Lado a lado, Tom resolveu puxar assunto, sem pensar ele disse: ”É cara, vai ser um longo...

Leia mais

Tua Alma Deseja Dançar

Estamos cansados e precisamos respirar. Os bares estão lotados, a loja de roupas cheia de almas vazias e a praça de alimentação já não suporta mais tanto publico. Talvez porque nossa fome não seja  só de comida, afinal de contas, estamos...

Leia mais

Morreu aos 20, foi enterrado aos 90..

Quanto tempo é necessário para se bem viver a vida? Ao olhar para a historia de minha vida percebo quantas coisas já vivencie e pude experimentar, e que constituem aquilo que sou hoje. Alguns momentos permanecem vivos, como se o tempo não...

Leia mais

OUVIR, VER, PENSAR E ABSORVER

Acostumados a sempre estar em fluxo continuo de movimento, aos poucos vamos perdendo a sensibilidade em encontrar beleza e conteúdo em coisas consideradas pequenas e normais na natureza. Já não percebemos a folha sendo levada pelo vento, cortando...

Leia mais

Rio sem fundo

Um poema sobre os devaneios de um homem atormentado pelos próprios erros e desejos…   Nunca é amor é sempre um tipo de simbiose embriagada não que isso seja uma dor ou o mal da vida mas já senti orgulho de voltar pra casa com o pau...

Leia mais