O amor é simples, mas não simplório

paixc3a3o

O amor requer um porção de outras coisas além de amar. Escolher alguém para viver com você é simples, mas nunca simplório, entende? Amar simples é estar disposto a resolver os contratempos do caminho, amar simplório é correr dos contratempos (e do amor). O simples vai, o simplório estaciona. Um é, o outro nem sabe o que é. Um assume a dor e a delícia de ser o que é, o outro foge.

Quando decidimos compartilhar a vida com alguém, seja quem for essa pessoa, nos comprometemos com algumas coisas importantes, certo? O respeito, a verdade, a doação, o companheirismo e por aí vai. Porém, não podemos nunca esquecer da simplicidade do amor.

É preciso compreender a importância dos detalhes que enfeitam a rotina, coisas que quase não pedem esforço, mas têm um significado incalculável nessa doce viagem que é amar. Não é o presente mais caro, o restaurante mais procurado ou, sei lá, o hotel mais incrível do mundo.

Estou falando do cafezinho da manhã, aquele que você adoça exatamente como ele gosta. Estou falando daquele programa de televisão – que você nem gosta tanto, mas sabe que ela adora e, por isso, é importante. Estou falando daquele perfume que você coloca antes de recebê-lo na sua casa, da vela acesa na hora de fazer amor, do aconchego no ombro durante aquele filme que dá sono, das mãos dadas enquanto caminham em busca do sol.

images

A simplicidade do amor quase nunca envolve grandes quantias de dinheiro, muito embora ele também seja importante, claro. A grana nos proporciona uma vida mais confortável, boa gastronomia e um montão de coisas bacanas mundo afora.

Ah, mas o amor, meu amigo, esse não tem a ver com dinheiro. O amor não custa nada, quero dizer, custa sim, mas não tem a ver com reais, dólares ou pesos. O amor custa atenção, cuidado, movimento. O amor requer doçura, concentração, paciência. O amor brota com resiliência, serenidade, fidelidade e verdade. Nada disso pode ser encontrado no armazém da esquina. Concorda?

Amar alguém é se propor a cuidar dessa pessoa, cuidar como a gente cuida uma flor. Amar é tapar os pés do outro no meio da noite, é proporcionar esperança, é fornecer segurança de que o caminho está fértil para que os dois pés cresçam juntos.

Amar é simples, muito simples. A gente é que complica tudo quando esquece disso. Somos nós os causadores do amor metade, aquele sentimento incompleto de tudo que não é inteiro. Nós somos os responsáveis pelo amor que queremos e que aceitamos em nossa vida.

casal-coracao

Sempre digo: você recebe o amor que acha que merece, portanto, pare um pouco e pense se você está merecendo esse amor que aceita, ele está do tamanho que você merece? E também pense se o amor que você tem dado é tão bonito quanto a vontade de recebê-lo.

Precisamos ser justos, certo? Ninguém ama igual, mas também fica difícil amar sozinho. Não adianta salvar o amor depois de deixá-lo passar por entre os dedos. Se você achou o amor da sua vida, olha só, cuide dessa pessoa como gostaria de ser cuidado.

E vive com ela um amor simples, cheio de cheiros, surpresas e paz. Dinheiro algum compra a alegria de um amor bem vivido, bem amado, bem cuidado. Grana nenhuma no mundo é capaz de alimentar o amor. Quem alimenta o amor somos nós e nossa capacidade infinita de transformar.

Bom, eu já achei o amor da minha vida. Porém, se você ainda está atrás do seu, guarde isso:

Quando encontrar a sua pessoa, seja somente mais uma pessoa. No amor, principalmente no amor, não há superpoder.

No amor há somente a simplicidade de se reconhecer no outro.

E amá-lo transcendentalmente.

 

Comentários

Comentários

Sobre o autor

Ju Farias

Ju Farias

Não nasci poeta, nasci amor e, por ser assim, virei poeta. Gosto quando alguém se apropria do meu texto como se fosse seu. É como se um pedaço que é meu por direito coubesse perfeitamente no outro. Divido e compartilho sem economia. Não estou muito preocupada com meus créditos, eu quero saber mesmo é do que me arrepia. Eu só quero saber o que realmente importa: toquei alguém? É isso que eu vim fazer no mundo.

Toquei você? Entra em contato, me conta como foi essa viagem.