Perdoar e deixar para trás

A vida é cheia de altos e baixos, tem dias muito alegres e cheios de sol e também dias de chuva. E tristezas podem ocorrer por inúmeros motivos, entre eles ficarmos magoados com alguém. Nestes casos, temos que lidar com os sentimentos da melhor forma que encontrarmos e mesmo que seja difícil, tentar esquecer aquilo que está causando dor nem que sela apenas por um tempo.

Existem pessoas que tem o coração pequeno e qualquer desentendimento ou incidente já é suficiente para causar uma mágoa e uma dor enorme. São pessoas melindradas, que se sentem ofendidas por qualquer coisa que falam para ela e até pelo que não falam. É melhor ter um coração grande e relevar as coisinhas pequenas.

Tem gente que diz que perdoou mas na primeira oportunidade pega uma lista enorme do que o outro fez desde anos atrás e fica ruminando as coisas ruins. Mágoa faz mal para quem a fica cultivando. É como beber veneno todo dia ou ficar cutucando a casquinha da ferida o tempo todo impedindo de sarar.

Além de saber perdoar, saber pedir perdão quando erramos é muito importante. Conseguir enxergar onde erramos e estarmos dispostos a nos retratar. Não se pode sentir culpa ou remorso por nossos erros pois o que passou serviu de aprendizagem. Uma atitude muito bonita e imprescindível também é saber se perdoar. Não tem coisa mais linda na vida do que não nos culparmos sem necessidade.

Precisamos lembrar que todos erramos e muitas vezes não é por maldade. Erramos mesmo quando queremos acertar. Por isso, devemos perdoar as brigas bobas e os pequenos erros e isso evitará uma grande parte do nosso sofrimento. Temos que perdoar de coração para que o sofrimento possa ficar para trás. O perdão liberta!

Comentários

Comentários

Sobre o autor

Lais Nascimento

Lais Nascimento

Mineira de Guaxupé, 26 anos, biomédica.
Amo a área da saúde mas também tenho grande interesse em psicologia e comportamento humano.