POR QUE CRIAMOS MÁSCARAS?

A persona era referida, no passado, as máscaras que eram utilizadas no teatro grego. Desde então, passou a ser utilizada para indicar os aspectos que consideramos ideais de nós mesmos, ou seja, a imagem que transmitimos para o outro que nos observa. Representamos, por assim dizer, uma peça no teatro da vida, já que fazemos o uso da persona em muitas situações do nosso cotidiano.

O mundo em que vivemos contribui para que, desde cedo, sejam criadas máscaras como, por exemplo, na infância, as crianças aprendem que precisam se comportar de um modo específico para obterem recompensas e o amor dos seus pais. Sabemos que viemos ao mundo frágeis e indefesos, sendo os nossos pais as nossas primeiras figuras de amparo, aqueles que nos garantiram as primeiras condições de sobrevivência frente ao mundo hostil que nascemos.

Partindo da ideia de que todos nós, seres humanos, precisamos de afeto não é correto pensar que tomaríamos decisões que conduzissem a um resultado diferente daquele que aguardamos. Em outras palavras, não queremos ser rejeitados, mas sim amados e protegidos. É desse modo que muito cedo nas nossas vidas, máscaras são criadas porque criamos uma imagem ideal de nós mesmos visando a aceitação dos nossos pais e, posteriormente, das diversas outras figuras que aparecerão no decorrer da nossa vida.

Há de se considerar que a persona tem uma relação estreita com o sistema adaptativo protetor que presenciamos na natureza. Para exemplificar, alguns animais se valem do mimetismo e camuflagem para não serem devorados por suas presas e fazem isso para garantir a sua própria sobrevivência. O propósito dos seres humanos ao adotarem para si máscaras é o mesmo do reino animal, isto é, sobreviver. A persona assume, portanto, um papel muito importante no relacionamento que o ser humano tem com o seu próximo.

Gostou da leitura? Visite a página Leveza da Vida e confira mais textos do autor.

Comentários

Comentários

Sobre o autor

Saulo Oliva

Saulo Oliva

Saulo O. é psicólogo. Visite a página Leveza da Vida e confira mais textos do autor.