STRANGER THINGS: O MUNDO INVERTIDO

Stranger Things vem roubando a cena quando o assunto é series. Criada pelos irmãos Matt e Ross Duffer , Stranger  se destaca no quesito conteúdo e suspense. Traz consigo teorias conspiratórias, físicas e até mesmo filosóficas. Distribuída pela provedora global de filmes e séries de televisão via streaming Netflix, a serie apresenta uma historia com elementos de terror e suspense, com conteúdos nostálgicos que nos levam até os anos 80.

stranger things titles

Para que possamos chegar ao ponto principal desse artigo, se faz necessário apresentar um breve resumo sobre a Serie. Tudo se passa na cidade fictícia de Hawkins (Indiana) aonde logo no inicio Will Byers (interpretado por Noah Schnapp), um garoto de 12 anos, desparece misteriosamente sem deixar rastro algum. A principio todos entendem o caso como normal, afinal de contas os pais de Will eram separados, e cerca de 99% dos casos de sumiço na cidade são resolvidos em pouco tempo. Mas com o passar dos dias o caso ganha um clima de mistério em toda a região. Experiências secretas do governo americano, visões sobrenaturais e uma menina chamada 11, dotada de super poderes, mudam completamente o rumo da Serie. Onze (Millie Bobby Brown) é uma menina com poderes telecinéticos e fugitiva da base secreta do governo no qual eram realizados experimentos para serem usados como arma secreta de espionagem.

Cansados de ficar esperando a vontade da policia, os amigos de Will resolvem sair em procura do amigo que a dias não aparece. Eis que os mesmos se esbarram com a jovem Onze, a qual revela a existência de um outro mundo, o mundo invertido. Ele seria uma espécie de realidade totalmente oposta a que vivemos, um lugar habitado por um monstro sem olhos (Demogorgon) o qual possui uma sede implicável por sangue fresco e uma fome que o faz procurar vitimas. Mas algo parece acontecer quando esse monstro encontra Will, o mesmo o coloca em um casulo , em um mundo totalmente oposto ao nosso, onde Will passa praticamente toda a primeira temporada.

É exatamente aqui, aonde se encaixa ” A alegoria da Caverna” escrita no século IV a.C., pelo filósofo grego Platão. Ela faz parte do Livro VI de A República. Nela o filósofo discute temas como teoria do conhecimento, linguagem e educação na constituição do Estado ideal.

2014_10_13_site_-_mito_da_caverna

Com uma narrativa alegórica e ao mesmo tempo, dramática, Platão conta-nos a história de prisioneiros que, desde o nascimento, encontram-se acorrentados no interior de uma caverna. A caverna possuía uma pequena entrada, por onde passava pouca luz, vinda de uma fogueira. Esses prisioneiros olhavam somente para uma parede iluminada por essa fogueira. Do outro lado da caverna se encontravam pessoas que manipulavam estatuetas de homens, plantas e animais.

Como os prisioneiros não tinham a mesma percepção de quem estava do outro lado da caverna, imaginavam que as sombras projetadas na parede eram, de fato, as coisas em si. Assim, as sombras dos animais, para os prisioneiros, eram os animais. Com o tempo, os prisioneiros passaram a dar nomes a essa projeções pensando se tratar da realidade.

O mundo invertido de Stranger Things pode representar uma realidade que não queremos aceitar, ou mesmo um estágio já superado de nossa “evolução” como seres sociais. Para Platão, ainda vivemos no mundo invertido quando deixamos ser levados pela aparência das coisas, sem conhecermos (ou se arriscar para conhecer) seu real significado. Platão fala de despirmos de conhecimentos estabelecidos previamente que nos impede de contemplar o mundo real. Ele representa uma ruptura com o pensamento baseado na divindade ou nos mitos, uma explicação supra-humana para os acontecimentos do cotidiano. Nesse sentido, quando atribuímos o motivo de todas as coisas à divindade ou não procuramos saber o real motivo delas, ainda estamos na caverna.

Para Thomas Hobbes (1588-1679), o mundo invertido representa nosso passado como seres sociais, uma etapa que vencemos ou pelo menos que concordamos aceitar para que pudéssemos sair do estado de natureza, uma situação em que não há injustiça, haja vista que não há nem mesmo uma lei a ser seguida. A única lei que se segue é a lei da guerra de todos contra todos, motivada pela insegurança, pelo medo e pela vontade egoísta.

Stranger Things05

A Netflix já confirmou a 2 Temporada de Stranger Things, e dentro de alguns dias já estará disponível para os amantes da Serie. E ai, será possível cogitar um Mundo invertido? 

Comentários

Comentários

Sobre o autor

Matheus John

Matheus John

Matheus John, 21 anos, natural de Ponta Grossa- Paraná. Atualmente cursando Ensino Superior em Licenciatura Filosofia pelo Instituto de Ensino Superior Sant'Ana. Colaborador do projeto de extensão na área de Literatura Existencialista e Filosofia Classica . Colaborador Projeto de Extensão UEPG: Nietzsche e David Foster: Niilismo e nova sinceridade